CARNAVAL 2020

Escola Deixa Falar pede a união das escolas de samba na avenida

A Agremiação Carnavalesca Deixa Falar, do bairro da Cidade Velha, foi a terceira escola a entrar na avenida do samba, com um tema curioso, com uma crítica às Escolas de Samba e o fazer carnavalesco. Com o enredo “Gugu, Dadá! Mi, Mi, Mi! Bumbum! Sátira Simpática de um Carnaval Pequeno!”.

Cada ala veio com uma crítica retratando o modo como as escolas tratam a “briga” pelo primeiro lugar no concurso das escolas de samba. A agremiação estava dividida em nove alas e três carros alegóricos, além de mil e duzentos brincantes.

Apaixonada pela agremiação da Cidade Velha, Marivalda Pinho, de 60 anos, sai há oito anos na ala das baianas. “É uma emoção que se renova a cada ano, eu fico emocionada, amo o carnaval e a escola”, disse.

Estreia - Mas na escola também teve brincante que desfilou pela primeira vez e não escondeu a emoção, como foi o caso da folião Carmem Pires, de 32 anos. “É a primeira vez que desfilo em uma escola. Fiquei ansiosa, principalmente, na frente dos jurados. Espero que a Deixa Falar seja a campeão desse ano”, comentou.

No último carro alegórico, a agremiação trouxe o nome dos bairros, que cada escola do primeiro grupo representa, em uma maneira de pedir a união entre todas.

Tags

Carnaval 2020 fumbel

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder