Aleitamento

Campanha resulta em mais 50 doadoras de leite para a Santa Casa

O leite materno doado ao banco da Santa Casa é essencial para atender recém-nascidos de baixo peso e com problemas de saúde

A primeira entrevista sobre a campanha de incentivo à doação de leite humano no Pará entrava do ar em uma emissora de Belém, por volta de 6h30 do dia 17 de maio, e o telefone do Banco de Leite Humano da Santa Casa já começava a tocar. Na linha, uma senhora pedia para cadastrar a filha, que queria doar o excedente de leite.

E foram as dezenas de entrevistas concedidas à imprensa local, juntamente com ações educativas e capacitações de profissionais e estudantes de saúde, assim como ações voltadas a voluntários, que garantiram muita troca de informações sobre a importância da doação de leite humano e a conquista de mais 50 doadoras para o Banco de Leite da Santa Casa no período da campanha nacional “Doe Leite Materno. Alimente uma Vida”, realizada de 17 a 29 de maio em Belém, como parte da VI Semana Estadual de Doação de Leite Materno.

Para a coordenadora do Centro de Referência Banco de Leite da Santa Casa, a nutricionista Cynara Souza, o aumento de doadoras é uma conquista de todos que se empenharam na ação e se solidarizaram com a causa. “Tivemos o apoio da Secretaria de Saúde do Estado, por meio da Coordenação de Saúde da Criança, e das unidades de Saúde do Bengui e da Providência, para a sensibilização de usuários e profissionais. Também contamos com o grande apoio da imprensa paraense, que sempre nos dá espaço e leva a nossa mensagem a essas mães maravilhosas, que têm tanto amor para doar para os recém-nascidos da Santa Casa. E só conseguimos isso com a parceria do Projeto Bombeiros da Vida, que realizou essa campanha juntamente conosco”, ressaltou a nutricionista.

Identidade - Para o tenente-coronel Rocha, do Corpo de Bombeiros, o programa social Bombeiros da Vida, que completa 17 anos em 2019, já faz parte da identidade da corporação e vem cumprindo seu papel. “O Programa Bombeiros da Vida é um trabalho importante para a população do Pará, pois promove uma ação que já beneficia o cidadão desde quando nasce”, destacou o militar.

O cadastro de novas doadoras é um avanço importante, mas o Banco de Leite ainda precisa de mais doações. Nos quatro primeiros meses de 2019 foram coletados, em média, 250 litros de leite por mês, garantindo que 960 recém-nascidos fossem alimentados com doses do melhor e mais seguro alimento que um bebê pode receber.

No entanto, para atender totalmente as necessidades dos recém-nascidos, é preciso dobrar a captação, de 250 para 500 litros. Para isso é fundamental a sensibilização de mulheres que estão amamentando seus filhos e desejam ajudar outras crianças.

Banco de Leite - Além de atuar na captação, o Banco de Leite Humano da Santa Casa é responsável por processar esse leite e atender os bebês, de acordo com suas necessidades nutricionais. É também papel do BLH promover ações de incentivo ao aleitamento materno, para que possa haver a doação.

O Banco de Leite Humano da Santa Casa atende aos recém-nascidos internados na Unidade Neonatal da instituição, a maior maternidade pública do Estado, onde nascem, por mês, cerca de 900 crianças. Problemas de saúde ou baixo peso ao nascer levam muitos desses bebês às unidades de internação para receber cuidados médicos. Essas e outras condições podem interferir na capacidade do bebê de mamar e, sem estímulo, as mães têm dificuldades para produzir leite. É nesse momento que se torna essencial o gesto solidário das doadoras de leite.

A ciência já comprovou, entre os vários benefícios da amamentação, que faz bem à saúde de mães e bebês; que crianças amamentadas são mais saudáveis e inteligentes, e que a amamentação melhora o vínculo entre mãe e filho.

Serviço: Para se cadastrar como doadora de leite basta entrar em contato pelos telefones: (91) 4009.2311/4009.2318/4009.2311, ou preencher os formulários disponíveis no site da Santa Casa: www.santacasa.pa.gov.br ou do Corpo de Bombeiros: www.bombeiros.pa.gov.br. Um integrante do Projeto Bombeiros da Vida entrará em contato com a interessada em fazer a doação para repassar todas as orientações.

Tags

aleitamento materno corpo de bombeiros santa casa Saúde

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.