Concerto

OSTP se apresenta no da Paz sob a regência de Maria Antonia Jiménez

Evento terá a participação especial do Coro Carlos Gomes. A entrada é gratuita

Nesta quarta-feira (15), às 20h, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresentará um concerto sinfônico com regência da maestrina convidada Maria Antonia Jiménez. O evento terá a participação especial do Coro Carlos Gomes. A realização é do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) em parceria com a Academia Paraense de Música, Theatro da Paz e apoio da Fundação Amazônica de Música e Escola de Música da UFPA. A entrada é gratuita.

É a primeira que a maestrina irá reger uma orquestra sinfônica, a OSTP. "Para mim, essa oportunidade é uma honra. Quem acompanha o meu trabalho e o Coro Carlos Gomes sabe que nós fazemos, há bastante tempo, músicas com coro e pequenas orquestras de câmara, geralmente, obras do período clássico e barroco, de compositores como Mozart, Haydn, Bach. São feitas com alunos e professores do Instituto Carlos Gomes, que nos ‘emprestam’ seu talento para acompanhar nossos concertos", disse.

A maestrina conta que o repertório está composto por obras tipicamente barrocas e clássicas, indicando um programa diferente do que a orquestra normalmente faz, executando em geral muitas sinfonias e obras do período romântico, mas, desta vez será um repertório apenas de música antiga, com obras de Handel, Bach e Mozart, com formações instrumentais menores.

"Haverá uma peça de Handel belíssima, Cantata n. 4 de Bach para coro, Cantata para coro e orquestra de Bach, e o Regina Coeli para coro, orquestra e solista, de Mozart. A soprano Ione Carvalho, membro do Carlos Gomes, será a solista desta peça. Antes faremos uma capella, somente com vozes, de Palestrina, que é o maior compositor italiano de música vocal da Renascença. A gente espera que o público compareça ao Theatro e fique feliz com este programa, que faremos com o maior carinho", finalizou.

Maria Antonia Jiménez é natural de Santiago de Cuba. Mestre em regência coral pelo Conservatório Estatal de São Petersburgo “Rimsky Kórsakov”, na Rússia, professora do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG) e responsável pela formação do Coro Carlos Gomes. O grupo foi fundado em 1995 e possui três CDs gravados: “Belo” (2002), “O Cantochão dos Mercedários do Grão Pará” (2004) e “Cantares”. Na sua trajetória, o Coro Carlos Gomes tem participado de alguns festivais e concursos internacionais, tendo conquistado nove prêmios.

Antes do concerto, será apresentada, às 18h, a palestra “Aprendendo a ouvir”, ministrada pelo maestro e violinista, Daniel Lima, que é bacharel em violino pela UEPA/FCG e especialista em Regência Orquestral pela Academia de Música da OSESP (São Paulo). A programação é gratuita.

A palestra “Aprendendo a ouvir” foi lançada pela OSTP em 2019, como parte introdutória do concerto. A ideia é apresentar, ao público leigo, informações a respeito das obras que serão executadas. É um projeto de apreciação musical, que se dispõe aprimorar a percepção do ouvinte para o universo sinfônico.

Serviço:

A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresenta as obras Palestrina, Handel, Bach e Mozart, nesta quarta-feira (15), às 20h. A entrada é franca e os ingressos serão disponibilizados no dia do evento, às 9h, na bilheteria do TP e no site Ticket Facil. A retirada é limitada a dois ingressos por pessoa, com taxa de conveniência do site a R$ 2 por ingresso. A palestra “Aprendendo a ouvir” – parte integrante do concerto – será também na quarta-feira (15), às 18h.

Tags

cultura SECULT theatro da paz

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.