Programação gratuita

Pesquisadores da Uepa celebram centenário do Eclipse de Sobral

Em 29 de maio de 1919, uma equipe da Royal Astronomical Society (Sociedade Astronômica de Londres, criada em 1820 para apoiar investigações astronômicas) esteve no Brasil, mais precisamente na cidade de Sobral, interior do Ceará, para fotografar um eclipse. A iniciativa, até certo ponto corriqueira, acabou se tornando um dos maiores marcos da Física, servindo como uma comprovação experimental da Teoria da Relatividade Geral, elaborada por Albert Einstein, em 1915.

Para marcar o centenário, o grupo de pesquisa em Física e em Ensino de Física do Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), realizará no próximo dia 22 (quarta-feira), um evento que reunirá no Auditório Paulo Freire, do Campus I, pesquisadores de diversas instituições para debater a importância desse momento histórico. A programação é gratuita e aberta a todos os interessados no tema.

Conhecido na área como Eclipse de Sobral, o evento contribuiu significativamente para as comprovações experimentais do desvio gravitacional da luz, que deu base à Teoria da Relatividade Geral. Os profissionais fotografaram estrelas cujos raios luminosos atingiam a Terra e passavam próximo ao Sol. Após análise dos negativos das imagens, os estudiosos chegaram à conclusão que as estrelas não ocupavam suas posições habituais então esperadas no firmamento, aparecendo ligeiramente deslocadas em valores que, frente à precisão experimental, eram em muito compatíveis com os previstos pelos cálculos baseados na Teoria da Relatividade, sendo a luz influenciada pela presença do campo gravitacional o Sol.

A observação trouxe ampla aceitação para a então recente teoria, mudando os rumos da Física. Para marcar o fato, na cidade de Sobral foram construídos um monumento e um museu, onde estão expostas a luneta utilizada para a observação e as fotografias da época.

Programação - O evento será aberto às 8 h, com palestra do professor Glauber Tadaiesky Marques, da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), intitulada Introdução à Teoria da Relatividade Geral. O pesquisador tem experiência na área de Astronomia, com ênfase em Cosmologia, e estuda principalmente os seguintes temas: buracos negros, teoria quântica de campos em espaço-tempo plano e curvo, cosmologia e gravitação e ondas gravitacionais.

Às 09 h, o professor Marcelo Costa de Lima, da Universidade Federal do Pará (UFPA), ministrará a palestra 100 anos do eclipse de Sobral. Atuante na área de Física, com ênfase em Relatividade e Gravitação, ele estuda principalmente inconsistências da eletrodinâmica clássica, reação à radiação, monopolos magnéticos de Dirac, história e desenvolvimento da eletrodinâmica clássica.

Em seguida, o professor Erick Elisson Hosana Ribeiro, da Uepa, e os professores Jônatas Barros e Barros e José Jerônimo de Alencar Alves, ambos da UFPA, serão os debatedores da mesa-redonda intitulada A ascensão da Astronomia no contexto do episódio do Eclipse de Sobral: algumas considerações históricas. Erick Ribeiro atua na área de História da Ciência, com foco nas seguintes áreas: História e Filosofia da Ciência, Ensino de Física, Ensino de Ciências e História da Engenharia e da Astronomia na Amazônia.

Jônatas Barros realiza pesquisas no campo da História das Ciências e Educação, com ênfase no desenvolvimento de trabalhos sobre a História da Educação Científica na Amazônia. Jerônimo Alves foi pesquisador do Centro de História da Ciência Tecnologia da Universidade de São Paulo (USP) e do Centre National de la Recherche Scientifique- CNRS/Paris (França), e atua, sobretudo, como pesquisador nas áreas História da Ciência e Epistemologia e História do Ensino de Ciências.

O evento será encerrado às 11h30, com o lançamento e uma seção de autógrafos da 2ª edição do livro Luzes encurvam-se no Céu: Einstein, Mito e Ciência, de autoria do professor Jerônimo Alves. O livro, publicado pela Livraria da Física, estará à venda no Auditório Paulo Freire, pelo valor de R$ 15,00.

Tags

ciencia Educação Pública uepa UFPA

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.