Segurança

Ciop promove curso de autoproteção para servidores

Com o intuito de ampliar e atualizar os servidores do Centro Integrado de Operações (Ciop), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio do Ciop, realizou o curso denominado “Capacitação em Conduta Policial Militar Defensiva (CCPMD) – Módulo Promotor”

Com o intuito de ampliar e atualizar os servidores do Centro Integrado de Operações (Ciop), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio do Ciop, realizou o curso denominado “Capacitação em Conduta Policial Militar Defensiva (CCPMD) – Módulo Promotor”, organizado com metodologia teórico-prática, em parceria com a Polícia Militar do Pará (PMPA).

O curso iniciou com instruções teóricas por meio do “Seminário de Auto Proteção”, no período de 4 a 10 de abril, no auditório do Centro, englobando todo o efetivo do Ciop, isto é, funcionários civis e militares. Já a parte prática, que corresponde a técnicas de tiros, teve como público somente os militares, que treinaram técnicas de tiros, no stand de tiro do Centro de Treinamento da PM, nos dias 12 e 16 de abril.

De acordo com o diretor do Ciop, coronel PM Luiz Carlos Rayol de Oliveira, esse curso tem como objetivo qualificar os agentes, para atuarem como multiplicadores de conhecimentos e habilidades específicas, capacitando-os para a tomada de decisão diante de situações de risco real à vida, no serviço e, principalmente na folga, adotando condutas pré-estabelecidas que evitem sua vitimização. “Organizamos essa proposta de curso a partir da necessidade preventiva de atualizar todo nosso efetivo do Ciop: servidores militares, civis, estagiários e voluntários civis, para que todos saibam se proteger em situações de risco”, destaca o gestor.

Segundo o coordenador operacional do Ciop e executor do curso, tenente coronel PM Elton Medeiros, o CCPMD corroborou com conhecimentos e habilidades que permitem os servidores aumentar seu nível de proteção individual em quaisquer cenários, estando ou não no exercício de sua atividade profissional de polícia ostensiva. "O curso foi de grande valia, uma vez que os servidores estavam muito tempo sem instruções que envolvessem armamento, além de ser uma oportunidade de receberem orientações de condutas e posturas a serem adotadas pelos policiais no momento em que os mesmos se encontram de férias”, apontou o oficial. 

Uma dos participantes do curso foi a cabo PM Lidiane Taboza, que frisou que as aulas foram de suma importância para sua carreira como militar, na qual a mesma pode se conscientizar sobre os riscos que o policial corre mesmo estando à paisana. “Tenho quase 10 anos de serviço militar e, através dessas palestras, tive a oportunidade de ampliar meus conhecimentos e de me atualizar mais ainda”, contou a militar.

O estagiário do Ciop, Everton Sena, também foi um dos participantes da parte teórica do curso, e para ele as instruções servirão para toda sua vida. “Essas palestras foram imprescindíveis para mim e, com certeza, para todos que tiveram a oportunidade de participar, pois aqueles que não são militares, assim como eu, agora já sabemos como lidar e tomar decisões em situações de risco”, finalizou.

Tags

CIOP

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.